Lista de textos do blog "Juvenatrix"


(Última Atualização: 11/02/17)
Total: 871 textos, sendo 588 artigos/resenhas (1ª FASE) + 283 comentários (2ª FASE)

Objetivo: Publicar textos sobre cinema, seja artigos, resenhas ou comentários, preferencialmente no gênero fantástico (Horror e Ficção Científica).

Histórico dos fanzines:

Tanto o “Juvenatrix” quanto o “Astaroth” são fanzines voltados para o universo fantástico, ou seja, o Horror e a Ficção Científica em todas as suas manifestações artísticas como o cinema, literatura, quadrinhos, ilustrações, através de contos, artigos, resenhas ou textos diversos.

O início na arte da “fanzinagem” ocorreu em novembro de 1988 na co-edição do “Megalon (nome de um dos monstros dos antigos filmes japoneses de horror), juntamente com o amigo Marcello Simão Branco, fanzine em que participei por três anos.
Em Janeiro de 1991 eu criei o meu próprio, inicialmente chamado “Vortex” (baseado na sociedade artificial futurista do filme Zardoz, de 1973), e que a partir do número 7 passou a se chamar “Juvenatrix” (nome original de um filme obscuro americano de horror de 1989). Esse fanzine tinha formato A4 impresso em papel com volumes de 20 a 30 páginas, até o número 107. A partir do número 108, passou para virtual em formato PDF, distribuído por e-mail. Já chegou aos 25 anos de publicação com 183 edições até o momento e na marca das 4.450 páginas. Ativo.

E criei também, em Janeiro de 1995, o “Astaroth” (nome de um demônio do filme “Uma Filha Para o Diabo”, de 1976 e com Christopher Lee). Até o número 57, o fanzine era impresso em papel, xerox, formato A4, 6 páginas por edição, publicando também matérias, contos e desenhos, porém mais curtos, além de intensa divulgação de toda e qualquer produção alternativa como fanzines, bandas, eventos, vídeos, livros, de todos os ramos de atuação, propiciando grande quantidade de contatos. A partir do número 58, passou para virtual em formato PDF com distribuição restrita por e-mail, com 10 páginas em média. Foi editado até o número 63 (Novembro 2008), quando interrompeu as atividades, hibernando como um vampiro em seu túmulo gelado. Retornou em Agosto de 2015 em versão novamente impressa, formato A4 com 4 páginas, publicando resenhas de cinema fantástico. Ano 15 número 68 (Novembro de 2016). Ativo.

Relação de textos:

Comentários de Cinema (283)

13 Fantasmas (13 Ghosts, EUA, 1960)
1984 (1984, Inglaterra, 1956)
300: A Ascensão do Império (300: Rise of an Empire, EUA, 2014)
984 – Prisioneiro do Futuro (984: Prisoner of the Future / The Tomorrow Man, Canadá, 1982)

A Serbian Film – Terror Sem Limites (A Serbian Film / Srpski Film, Sérvia, 2010)
Abraham Lincoln vs. Zombies (Abraham Lincoln vs. Zombies, EUA, 2012)
Além da Escuridão – Star Trek (Star Trek Into Darkness, EUA, 2013) 3D
Alemão (Brasil, 2014)
Alerta do Espaço, O (Warning From Space / Uchujin Tokyo Ni Arawaru, Japão, 1956)
Altar do Diabo, O (The Dunwich Horror, EUA, 1970)
Amantes do Dr. Jekyll, As (França / Espanha / Áustria, 1964)
Apartment 143 (Apartment 143 – Emergo, Espanha, 2011)
Armadilha (ATM, EUA / Canadá, 2012)
Ataque da Mulher Aranha, O (Mesa of Lost Women, EUA, 1953, PB)
Ataque do Tubarão de 3 Cabeças, O (3 Headed Shark Attack, EUA, 2015)
Atividade Paranormal: Marcados Pelo Mal (Paranormal Activity: The Marked Ones, EUA, 2014)
Avenida do Terror, 388 (388 Arletta Avenue, Canadá, 2011)

Banho de Sangue / Mansão da Morte, A (Reazione a Catena / A Bay of Blood, Itália, 1971)
Bárbaros Invadem a Terra, Os (The Mysterians, Japão, 1957)
Batalha dos Monstros, A (Attack of the Monsters / Gamera tai daiakuju Giron, Japão, 1969)
Batalha no Espaço Estelar (War of the Planets / Battaglie Negli Spazi Stellari, Itália, 1977)
Beijo do Diabo, O (La Perversa, França / Espanha, 1976)
Beijo do Vampiro, O (The Kiss of the Vampire, Inglaterra, 1963)
Besta do Milhão de Olhos, A (The Beast With a Million Eyes, EUA, 1955, PB)
Bodas de Satã, As (The Devil Rides Out, Inglaterra, 1968)
Bonecas da Morte, As (The Psychopath, Inglaterra, 1966)
Brinquedo de Criança (Child´s Play, Inglaterra, 1984, “Hammer House of Mystery and Suspense”)

Cabana do Inferno 2 (Cabin Fever 2: Spring Fever, EUA, 2009)
Caçador de Trolls, O (The Troll Hunter, Noruega, 2010)
Cadáver Atômico, O (Creature With the Atom Brain, EUA, 1955)
Caminhando Com Dinossauros 3D (Walking With Dinosaurs 3D, EUA / Inglaterra, 2013) animação 3D
Cão Branco (White Dog, EUA, 1982)
Capitão América 2: O Soldado Invernal (Captain America: The Winter Soldier, EUA, 2014)
Carnossauro (Carnosaur, EUA, 1993) + Carnossauro 2 (Carnosaur 2, EUA, 1995) + Criaturas do Terror (Carnosaur 3: Primal Species, EUA, 1996)
Carrie, A Estranha (Carrie, EUA, 2013)
Cavaleiro Solitário, O (The Lone Ranger, EUA, 2013)
Chernobyl – Sinta a Radiação (Chernobyl Diaries, EUA, 2012)
Chupacabra (Chupacabra vs. The Alamo, Canadá, 2013)
Círculo de Fogo (Pacific Rim, EUA, 2013)
Claustrofobia (Claustrofobia, Holanda, 2011)
Colecionador de Crucifixos, O (Brasil, Mauá/SP, 2014)
Corrente do Mal, A (Chain Letter, EUA, 2010)
Corvo, O (The Raven, EUA / Hungria / Espanha, 2012)
Cowboys & Aliens (Cowboys & Aliens, EUA, 2011)
Crepúsculo (Twilight, EUA, 2008)
Criatura da Mão Azul, A (Creature With the Blue Hand / Die blaue Hand, Alemanha Ocidental, 1967)
Criaturas das Profundezas (Humanoids From the Deep, EUA, 1980)
Cripta dos Sonhos, A (The Vault of Horror, Inglaterra / EUA, 1973)
Croods – Uma Aventura das Cavernas, Os (The Croods, EUA, 2013) animação
Cruz do Diabo, A (La Cruz del Diablo / Cross of the Devil, Espanha, 1975)
Cyborg – O Dragão do Futuro (Cyborg, EUA, 1989)

Dama e o Monstro, A (The Lady and the Monster, EUA, 1944, PB)
Deadgirl (EUA, 2008)
Demônio, O (Il Demonio, Itália / França, 1963)
Demônio de Fogo, O (Night of the Big Heat, Inglaterra, 1967)
Demônio Imortal, O (Yilmayan Seytan / The Deathless Devil, Turquia, 1973)
Demônios da Noite, Os (Tales From the Cripty: Demon Knight, EUA, 1995)
Depois da Terra (After Earth, EUA, 2013)
Desafio ao Além (The Haunting, Inglaterra, 1963, PB)
Destruam Toda a Terra (Destroy All Planets / Gamera tai uchu kaijû Bairasu, Japão, 1968)
Deus Irae (Argentina, 2010) curta metragem
Deusa da Cidade Perdida, A (She, Inglaterra, 1965)
Dezesseis Luas (Beautiful Creatures, EUA, 2013)
Dia da Besta, O (El Día de la Bestia / The Day of the Beast, Espanha, 1995)
Dia dos Independentes / O Ultimato (Independents´ Day, EUA, 2016)
Dinosaur From the Deep (França, 1993)
Divergente (Divergent, EUA, 2014)
Django Livre (Django Unchained, EUA, 2012)
Do Além (Beyond, EUA, 2012)
Doce Aroma da Morte, O (The Sweet Scent of Death, Inglaterra, 1984, “Hammer House of Mystery and Suspense”)
Doce Vingança (I Spit On Your Grave, EUA, 2010)
Doce Vingança 2 (I Spit On Your Grave, EUA, 2013)
Dracano (Dracano / Dragon Apocalypse, EUA / Canadá, 2013)
Drácula, o Perfil do Diabo (Dracula Has Risen From the Grave, Inglaterra, 1968)
Dredd (Dredd, EUA / Inglaterra / Índia / África do Sul, 2012)

Eaters – Rise of the Dead (Itália, 2011)
El Espanto Surge de la Tumba (Horror Rises From the Tomb, Espanha, 1973)
El Grito de la Muerte (The Living Coffin, México, 1959)
Eles Vieram do Espaço Exterior (They Came From Beyond Space, Inglaterra, 1967)
Elysium (Elysium, EUA, 2013)
Ender´s Game – O Jogo do Exterminador (Ender´s Game, EUA, 2013)
Enigmas de um Crime (The Oxford Murders, Espanha / Inglaterra / França, 2008)
Enter Nowhere (Enter Nowhere, EUA, 2011)
Enter the Void (França / Alemanha / Itália / Canadá, 2009)
Era dos Dinossauros, A (Age of Dinosaurs, EUA, 2013)
Escolhidos, Os (Dark Skies, EUA, 2013)
Espantalho Assassino (Scarecrow, EUA / Canadá, 2013)
Espelho, O (Oculus, EUA, 2013)
Essência da Maldade, A (The Creeping Flesh, Inglaterra, 1973)
Estranho de um Mundo Perdido, O (X: the Unknown, Inglaterra, 1956, PB)
Evil of Dracula (Chi o suu bara, Japão, 1974)
Exército das Trevas, O (Frankenstein´s Army, EUA / Holanda / República Tcheca, 2013)
Exit Humanity (Exit Humanity, Canadá, 2011)
Experiência Diabólica / Cérebro Maligno, O (Donovan´s Brain, EUA, 1953, PB)

Face do Mal, A (Haunt, EUA, 2013)
Fantasma de Frankenstein, O (The Ghost of Frankenstein, EUA, 1942, PB)
Fantasmas Que Ainda Vagam (Ghosts That Still Walk, EUA, 1977)
Fantástico Homem Transparente, O (The Amazing Transparent Man, EUA, 1960)
Fim do Amanhã, O / No Limite da Salvação (Age of Tomorrow, EUA, 2014)
Fogo Contra Fogo (Fire With Fire, EUA, 2012)
Forca, A (The Gallows, EUA, 2015)
Frankenstein – Entre Anjos e Demônios (I, Frankenstein, EUA / Austrália, 2014)
Frankenweenie (EUA, 2012) animação
Fuga do Planeta Terra, A (Escape From Planet Earth, EUA / Canadá, 2013)
Fuga do Terror, A (Blood Bath, EUA, 1976)
Fúria das Feras Atômicas, A (The Food of the Gods, EUA, 1976)

Galeão Fantasma, O (El Buque Maldito / The Ghost Galleon, Espanha, 1974)
Galeria dos Alienígenas, A / Breeders – A Ameaça de Destruição (Breeders, EUA, 1986)
Gammera – O Monstro Invencível (Gammera the Invincible, EUA, 1966)
Gangsters na Lua (Moon Zero Two, Inglaterra, 1969)
Ghost Image (EUA, 2007)
Gigante Monstro Gila, O (The Giant Gila Monster, EUA, 1959)
Godzilla (Godzilla, EUA / Japão, 2014)
Godzilla vs. Megalon (Gojira tai Megaro / Godzilla vs. Megalon, Japão, 1973)
Górgona, A (The Gorgon, Inglaterra, 1964)
Grande Herói, O (Lone Survivor, EUA, 2013)
Gravidade (Gravity, EUA, 2013) 3D
Guerra Mundial Z (World War Z, EUA, 2013) 3D
Guerras na Estrada (Road Wars, EUA, 2015)

Halo 4: Em Direção ao Amanhecer (Halo 4: Forward Unto Dawn, EUA, 2012)
Hard Rock Zombies (Hard Rock Zombies, EUA, 1985)
Hellraiser: Revelations (EUA, 2010)
Hércules (The Legend of Hercules, EUA, 2014)
Herdeiro do Diabo, O (Devil´S Due, EUA, 2014)
Hobbit: Uma Jornada Inesperada, O (The Hobbit – An Unexpected Journey, EUA / Nova Zelândia, 2012)
Hobbit: A Desolação de Smaug, O (The Hobbit: The Desolation of Smaug, EUA / Nova Zelândia, 2013)
Homem de Aço, O (Man of Steel, EUA / Canadá / Inglaterra, 2013)
Homen de Ferro 3 (Iron Man 3, EUA / China, 2013)
Homem Que Enganou a Morte, O (The Man Who Could Cheat Death, Inglaterra, 1959)
Hora das Criaturas, A (Critters, EUA, 1986)
Hora do Espanto, A (Fright Night, EUA, 2011)
Horror Vem do Espaço, O / Monstro Sem Face (Fiend Without a Face, Inglaterra, 1958)
Hospedeira, A (The Host, EUA, 2013)
Hotel (Hotel, Alemanha / Áustria, 2004)
Hotel Transilvânia (Hotel Transylvania, EUA, 2012) animação

Il Coltello di Ghiaccio (Knife of Ice, Itália / Espanha, 1972)
Inatividade Paranormal (A Haunted House, EUA, 2013)
Inatividade Paranormal 2 (A Haunted House 2, EUA, 2014)
Incrível Homem Que Encolheu, O (The Incredible Shrinking Man, EUA, 1957, PB)
Independence Daysaster (Canadá, 2013)
Infectados (Stranded, Canadá / Inglaterra, 2013)
Instrumentos Mortais – Cidade dos Ossos, Os (The Mortal Instruments: City of Bones, EUA / Alemanha, 2013)
Invasão Zumbi, A (Rise of the Zombies, EUA, 2012)
Invasor Galáctico, O (The Galaxy Invader, EUA, 1985)
Invasores Invisíveis (Invisible Invaders, EUA, 1959, PB)
Invocação do Mal (The Conjuring, EUA 2013)

Jacarés Mutantes, Os / Alligators – Crocodilos em Fúria (Ragin´Cajum Redneck Gators / Alligator Alley, EUA, 2013)
Jack – O Caçador de Gigantes (Jack the Giant Slayer, EUA, 2013) 3D
Jamie Marks Está Morto (Jamie Marks Is Dead, EUA, 2014)
João e Maria: Caçadores de Bruxas (Hansel & Gretel: Witch Hunters, EUA / Alemanha, 2013)
Jogos Vorazes (The Hunger Games, EUA 2012)
Josey Wales – O Fora da Lei (The Outlaw Josey Wales, EUA, 1976)

La Momia Azteca Contra el Robot Humano (The Robot vs. The Aztec Mummy, México, 1958, PB)
Lago dos Tubarões, O (Shark Lake, EUA, 2015)
Latidos de Pánico (Panic Beats, Espanha, 1983)
Lavalantula (Lavalantula, EUA, 2015)
Legend of Dinosaurs and Monster Birds (Japão, 1977)
Livide (Livide, França, 2011)

Maldição da Caveira, A (The Skull, Inglaterra, 1965)
Maldição da Chorona, A (Lá Maldición de la Llorona / The Curse of the Crying Woman, México, 1963, PB)
Maldição da Múmia, A (The Curse of the Mummy´s Tomb, Inglaterra, 1964)
Maldição da Sétima Lua, A (Seventh Moon, EUA, 2008)
Maldição de Chucky, A (Curse of Chucky, EUA, 2013)
Maldição de Ghor, A (Dark Echoes, Iugoslávia / EUA, 1977)
Maldição de Samantha, A (Deadly Friend, EUA, 1986)
Maldição do Lobisomem, A (The Curse of the Werewolf, Inglaterra, 1961)
Mama (Mama, Espanha / Canadá, 2013)
Mandroid (EUA, 1993)
Mansão da Meia-Noite, A (House of the Long Shadows, Inglaterra, 1983)
Máscara do Mágico, A (The Mad Magician, EUA, 1954, PB)
Massacre da Serra Elétrica 3D – A Lenda Continua, O (Texas Chainsaw 3D, EUA, 2013) 3D
Matango, a Ilha da Morte (Matango / Attack of the Mushroom People, Japão, 1963)
Menina Que Roubava Livros, A (The Book Thief, EUA / Alemanha, 2013)
Mercenários, Os (The Expendables, EUA, 2010)
Meu Namorado é um Zumbi (Warm Bodies, EUA, 2013)
Mil Séculos Antes de Cristo (One Million Years B.C., Inglaterra, 1966)
Mistério no Lago (Beneath Still Waters / Bajo Aguas Tranquilas, Espanha / Inglaterra, 2005)
Monstro da Bomba H, O (The H-Man, Japão, 1958)
Monstro de Duas Cabeças, O (The Thing With Two Heads, EUA, 1972)
Monstro de Duas Caras, O (The Two Faces of Dr. Jekyll, Inglaterra, 1960)
Monstro de Mil Olhos, O (Return of the Fly, EUA, 1959, PB)
Monstro de Pedras Brancas, O (The Monster of Piedras Blancas, EUA, 1959, PB)
Monstro de Vênus, O (Zontar, the Thing From Venus, EUA, 1966)
Monstro do Himalaia, O (The Abominable Snowman, Inglaterra, 1957, PB)
Morte do Demônio, A (Evil Dead, EUA, 2013)
Morte Negra (Black Death, Inglaterra / Alemanha, 2010)
Mosca da Cabeça Branca, A (The Fly, EUA, 1958)
Mulheres Pré-Históricas (Slave Girls / Prehistoric Women, Inglaterra, 1967)
Múmia, A (The Mummy, Inglaterra, 1959)
Mundo Perdido, O (The Lost World, EUA, 1960)

Noé (Noah, EUA, 2014)
Noite das Gaivotas, A (La Noche de las Gaviotas / Night of the Seagulls, Espanha, 1975)
Noite das Travessuras (Mischief Night, EUA, 2013)
Noite do Terror Rastejante, A (Squirm, EUA, 1976)

Oblivion (Oblivion, EUA, 2013)
Occupant (Occupant, EUA, 2011)
Oz: Mágico e Poderoso (Oz the Great and Powerful, EUA, 2013) 3D

Pânico em Seattle (Seattle Superstorm, EUA, 2012)
Pânico no Lago: O Capítulo Final (Lake Placid: The Final Chapter, EUA, 2012)
ParaNorman (EUA, 2012) animação
Pé Grande, O (Bigfoot, EUA, 2012)
Percy Jackson e o Ladrão de Raios (Percy Jackson & the Olympians: The Lightning Thief, EUA / Canadá, 2010)
Percy Jackson e o Mar de Monstros (Percy Jackson: Sea of Monsters, EUA, 2013)
Perigo Vem do Lago, O (Beneath, EUA, 2013)
Pesadelo no Vale da Morte (Death Valley, EUA, 1982)
Piranha 2 (Piranha 3DD, EUA, 2012)
Planeta Fantasma, O (The Phantom Planet, EUA, 1961)
Pompeia (Pompeii, EUA / Alemanha / Canadá, 2014)
Presas, As (Proie, França, 2010)
Presentes (Offerings, EUA, 1989)
Presos no Gelo 3 – O Início (Cold Prey 3 – The Beginning / Fritt Vilt III, Noruega, 2010)
Primeira Espaçonave em Vênus, A (First Spaceship on Venus / Der Schweigende Stern, Alemanha / Polônia, 1960)
Primeiro Homem no Espaço, O (First Man Into Space, Inglaterra, 1959, PB)

Q – A Serpente Alada (Q – The Winged Serpent, EUA, 1982)
Quando os Dinossauros Dominavam a Terra (When Dinosaurs Ruled the Earth, Inglaterra, 1970)
Quarentena 2 (Quarantine 2: Terminal, EUA, 2011)
Queda da Casa de Usher, A (La chute de la maison Usher, França, 1928) mudo, PB
Queda da Terra, A (Earth Fall, EUA, 2015)
Queen of Blood (EUA, 1966)

Rasputin: O Monge Louco (Rasputin: The Mad Monk, Inglaterra, 1966)
Rastros do Espaço (The Monolith Monsters, EUA, 1957)
Rebelião dos Planetas (Queen of Outer Space, EUA, 1958)
Reencarnados, Os / Morta Viva, A (The Undead, EUA, 1957, PB)
Reino Escondido (Epic, EUA, 2013) animação
Retrato de Um Pesadelo (Night Gallery, EUA, 1969)
Reveillon Maldito (New Year´s Evil, EUA, 1980)
R.I.P.D. – Agentes do Além (R.I.P.D., EUA, 2013)
Riddick 3 (Riddick, EUA / Inglaterra, 2013)
RoboCop (RoboCop, EUA, 2014)
Rosas de Sangue (Blood and Roses, Itália / França, 1960)

Sádico Barão Von Klaus, O (Le Sadique Baron Von Klaus / La Mano de un Hombre Muerto / The Sadistic Baron Von Klaus, Espanha, 1962)
Saga Crepúsculo: Lua Nova, A (The Twilight Saga: New Moon, EUA, 2009)
Saga Crepúsculo: Eclipse, A (The Twilight Saga: Eclipse, EUA, 2010)
Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 1, A (The Twilight Saga: Breaking Dawn – Part 1, EUA, 2011)
Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2, A (The Twilight Saga: Breaking Dawn – Part 2, EUA, 2012)
Segredo do Lago Ness, O (Das Wunder von Loch Ness, Alemanha / Áustria, 2008)
Sem Escalas (Non-Stop, Inglaterra / França / EUA, 2014)
Silent Hill: Revelação (Silent Hill: Revelation, França / EUA / Canadá, 2012)
Slaughter High (Slaughter High, EUA / Inglaterra, 1986)
Sobrenatural (Insidious, EUA / Canadá, 2010)
Sobrenatural: Capítulo 2 (Insidious: Chapter 2, EUA, 2013)
Sobrenatural: A Origem (Insidious: Chapter 3, EUA / Canadá, 2015)
Sol (São Paulo, Brasil, 2017, curta-metragem independente 14 min.)

Tatuagem – A Marca do Diabo (Mark of the Devil, Inglaterra, 1984, “Hammer House of Mystery and Suspense”)
Tempestade Solar (Exploding Sun, Canadá, 2013)
Terror no Triângulo das Bermudas (Bermuda Tentacles, EUA, 2014)
Terror Que Mata (The Quatermass Xperiment, Inglaterra, 1955, PB)
Terror Tropical (Dragon Wasps, EUA, 2012)
The Bat People (EUA, 1974)
The Hollow (EUA, 2015)
The Lost Skeleton of Cadavra (EUA, 2001)
The Magnetic Monster (EUA, 1953, PB)
The Man and the Monster / El Hombre y el Monstruo (México, 1959, PB)
The Pact (EUA, 2012)
The Wizard of Gore (EUA, 1970)
Thor – O Mundo Sombrio (Thor – The Dark World, EUA, 2013)
Todo Mundo em Pânico 5 (Scary Movie 5, EUA, 2013)
Torturas do Dr. Diabolo, As (Torture Garden, Inglaterra, 1967)
Trilha da Fera Lunar, A (Track of the Moon Beast, EUA, 1976)
Tubarão Fantasma, O (Ghost Shark, EUA, 2013)
Tubarões de Gelo (Ice Sharks, EUA, 2016)
Tubarões Zumbis (Zombie Shark, EUA, 2015)

Uivo da Bruxa, O (Cry of the Banshee, Inglaterra, 1970)
Ultimato à Terra (The 27th Day, EUA, 1957, PB)
Último Desafio, O (The Last Stand, EUA, 2013)
Último Exorcismo – Parte 2, O (The Last Exorcism – Parte 2, EUA, 2013)
Um Balde de Sangue (A Bucket of Blood, EUA, 1959)
Um Mundo Desconhecido (Unknown World, EUA, 1951) 
Uma Fenda no Mundo (Crack in the World, EUA, 1965)
Uma História de Amor e Fúria (Brasil, 2013) animação (666)
Universidade Monstros (Monsters University, EUA, 2013) animação
Usina de Monstros (Quatermass 2 / Enemy From Space, Inglaterra, 1957, PB)

Vale Proibido, O (The Valley of Gwangi, EUA, 1969)
Vampiro de Black Water, O / Assassino das Sombras, O (The Black Water Vampire, EUA, 2014)
Viagem, A (Cloud Atlas, EUA / Alemanha / Hong Kong / Singapura, 2012)
Viagem à Lua de Júpiter (Europa Report, EUA, 2013)
Vila das Sombras (Le Village des Ombres, França, 2010)
Vila do Medo, A (Rosewood Lane, EUA, 2011)
Vingador, O (Hobo With a Shotgun, Canadá, 2011)
Vingança da Deusa, A (The Vengeance of She, Inglaterra, 1968)
Vinte Milhões de Léguas a Marte (World Without End, EUA, 1956)

Wolverine: Imortal (The Wolverine, EUA, 2013)

Zumbis de Mora Tau, Os (Zombies of Mora Tau, EUA, 1957)

Artigos / Resenhas de Cinema (588)

A (47)
· À Meia Luz (Gaslight, Inglaterra, 1940) + À Meia Luz (Gaslight, Estados Unidos, 1944)
· À Prova de Morte (Death Proof, 2007) (segmento de “Grindhouse”)
· A.I. – Inteligência Artificial (A. I. – Artificial Intelligence, 2001)
· Abismo do Medo (The Descent, Inglaterra, 2005)
· Abominável (Abominable, 2006)
· Abominável Dr. Phibes, O (The Abominable Dr. Phibes, Inglaterra, 1971)
· Acampamento Sinistro (Sleepaway Camp II: Unhappy Campers, 1988)
· Açougueiro, O (The Butcher, 2006)
· Adolescentes do Espaço, Os (Teenagers From Outer Space, 1959)
· Água Negra (Dark Water, 2005)
· Akai (curta-metragem, Brasil/SP, 2006)
· Aldeia dos Amaldiçoados, A (Village of the Damned, Inglaterra, 1960)
· Além da Imaginação (The Twilight Zone, 1959/64) – série de TV
· Além da Imaginação: O Túmulo Submerso (The Twilight Zone, 1959/64 – The Thirty-Fathom Grave) – série de TV
· Além da Imaginação: Os Invasores (The Twilight Zone, 1959/64 – The Invaders) – série de TV
· Alfred Hitchcock – O Mestre do Suspense
· Alma Negra (Dark Corners, EUA / Inglaterra, 2006)
· Alone in the Dark 2: O Retorno do Mal (Alone in the Dark II, 2008)
· Alta Velocidade (Driven, Estados Unidos / Canadá / Austrália, 2001)
· Alta Voltagem (The Projected Man, Inglaterra, 1966)
· Alerta Vermelho, O (The Red Siren, França, 2002)
· Alien Vs. Predador (Alien Vs. Predator, 2004)
· Aliens Vs. Predador 2 (Aliens Vs. Predator – Requiem, 2007)
· Alta Tensão (Haute Tension, França, 2003)
· Alucinação (Soul Survivors, 2001)
· Amaldiçoados (Cursed, 2005)
· Ameaça Virtual (AntiTrust, 2001)
· Amigo Oculto, O (Hide and Seek, EUA / Alemanha, 2005)
· Amityville 2 (Amityvile 2, Estados Unidos / México, 1982)
· Amityville 3-D (Amityville 3-D, 1983)
· Anaconda 2: A Caçada Pela Orquídea Sangrenta (Anacondas: The Hunt For the Blood Orchid, 2004)
· Anjo da Morte (Angel of Death / Semana Santa, Espanha / Inglaterra / França / Itália / Alemanha / Dinamarca, 2002)
· Anjos da Noite – Underworld (Underworld, Estados Unidos / Alemanha / Inglaterra / Hungria, 2003)
· Anjos Rebeldes, Os (The Prophecy / God’s Army, 1994)
· Animal (The Animal, 2001)
· Aniversário do Demônio, O (Little Devils: The Birth, Canadá, 1993)
· Apanhador de Sonhos, O (Dreamcatcher, 2003)
· Apocalypse Now Redux (Apocalypse Now Redux, 1979 / 2001)
· Arrombada – Vou Mijar na Porra do Seu Túmulo!!! (Brasil/SC, média metragem, 2007)
· Assombração (Gwai Wik / Re-Cycle, Hong Kong / Tailândia, 2006)
· Ataque das Sanguessugas Gigantes, O (Attack of the Giant Leeches, 1959)
· Ataque das Vespas Mutantes, O (Swarmed, Canadá, 2005)
. Ataque dos Insetos, O (Bugs, Canadá, 2003)
· Até o Fim (The Deep End, 2001)
· Aterrorizados (Altered, 2006)
· Atores de Drácula e Outros Vampiros, Os
· Atrás das Linhas Inimigas (Behind the Enemy Lines, 2001)

B (15)
· Backout (Blackout, 2007)
· Balada Para Satã (The Mephisto Waltz, 1971)
· Banquete de Sangue (Blood Feast, 1963)
· Batalha de Riddick, A (The Chronicles of Riddick, 2004)
· Batalha Real (Battle Royale / Batoru Rowaiaru, Japão, 2000)
· Batman Begins (Batman Begins, 2005)
· Besta da Caverna Assombrada, A (Beast From the Haunted Cave, 1959)
· Black Sabbath – As Três Máscaras do Terror (Black Sabbath – The Three Faces of Fear / I Tre Volti Della Paura, Itália / França, 1963)
· Blade II – O Caçador de Vampiros (Blade II, 2002)
· Blade: Trinity (Blade: Trinity, 2004)
· Bolha Assassina, A (The Blob, 1988) – A Volta da Bolha
· Boris Karloff
· Bruxa, A Face do Demônio / Face do Demônio, A (The Witches / The Devil´s Own, Inglaterra, 1966)
· Buraco, O (The Hole, Inglaterra, 2001)
· Bússola de Ouro, A (The Golden Compass, EUA / Inglaterra, 2007)

C (64)
· Caçados (Prey, Estados Unidos / África do Sul, 2007)
· Cadáveres (Unrest, 2006)
· Cães Assassinos (The Breed, Estados Unidos / África do Sul / Alemanha, 2006)
· Cães de Caça (Dog Soldiers / Night of the Werewolves, Inglaterra, 2002)
· Calafrios (Shivers, Canadá, 1975)
· Cálculo Mortal (Murder By Numbers, 2002)
· Caminho Sem Volta (The Yards, 2000)
· Canibais (Undead, Austrália, 2003)
· Canibais & Solidão (Carlos Barbosa/RS – Brasil, 2006)
· Cão dos Baskervilles, O (The Hound of the Baskervilles, Inglaterra, 1959)
· Capitão Sky e o Mundo de Amanhã (Sky Captain and the World of Tomorrow, 2004)
· Carmilla, a Vampira de Karnstein (The Vampire Lovers, Inglaterra, 1970)
· Carneador, O (Brasil, Porto Alegre/RS, curta metragem, 2007)
· Carrasco de Pedra (It!, Estados Unidos / Inglaterra, 1967)
· Carta Para a Morte (The Gravedancers, 2006)
· Carver (Carver, 2008)
· Casa da Colina, A (House on Haunted Hill, 1999)
· Casa de Cera, A (House of Wax, 2005)
· Casa de Vidro, A (The Glass House, 2001)
· Casa de Usher, A (House of Usher, 1960)
· Casa do Espanto, A (House, 1986)
· Casa do Terror, A / Casa dos Rituais Satânicos, A (Madhouse, Estados Unidos / Inglaterra, 1974)
· Casa do Terror, A (Hammer House of Horror, Inglaterra, 1980) – série de TV
· Casa dos Maus Espíritos, A (House on Haunted Hill, 1958)
· Casa dos Sonhos, A (Dream House, EUA, 2011)
· Casa Que Pingava Sangue, A (The House That Dripped Blood, Inglaterra, 1970)
· Castelo Assombrado, O (The Haunted Palace, 1963)
· Castelo de Frankenstein, O (Frankenstein 1970, 1958)
· Castelo do Pavor, O (The Black Castle, 1952)
· Cativeiro (Captivity, Estados Unidos / Rússia, 2007)
· Caverna, A (The Cave, Estados Unidos / Alemanha, 2005)
· Celular – Um Grito de Socorro (Cellular, 2004)
· Cemitério Macabro (Grave Secrets: The Legacy of Hilltop Drive, 1992)
· Cérebro, O (The Brain, EUA / Canadá, 1988)
· Cérebro Que Não Queria Morrer, O (The Brain That Wouldn´t Die, 1962)
· Chamado, O (The Ring, Estados Unidos / Japão, 2002)
· Cidade Submarina (The Underwater City, 1962)
· Cine Majestic (The Majestic, 2002)
· Círculo de Fogo (Enemy at the Gates, 2001)
· Círculo do Diabo, O (The Devil´s Hand, 1962)
· Códigos de Guerra (Windtalkers, 2002)
· Coisa, A (The Stuff, 1985)
· Colheita Maldita (Children of the Corn, 1984)
· Colheita Maldita 2: O Sacrifício Final (Children of the Corn 2: The Final Sacrifice, 1993)
· Colheita Maldita 3 (Children of the Corn 3: Urban Harvest, 1994)
· Conde de Monte Cristo, O (The Count of Monte Cristo, 2002)
· Conde Drácula, O (Scars of Dracula, Inglaterra, 1970)
· Condessa Drácula, A (Countess Dracula, Inglaterra, 1971)
· Constantine (Constantine, 2005)
· Contato Alienígena (Alien Hunter, 2003)
· Contos da Meia-Noite (Campfire Tales, 1997)
· Corrida Silenciosa (Silent Running, 1972)
· Corrosão – Ameaça Em Seu Corpo (Body Melt, Austrália, 1993)
· Corvos (Kaw, 2007)
· Countess Erzebeth Bathory (Mauá/SP – Brasil, 2004)
· Criatura (Creature / Alien Lockdown, 2004)
· Criatura Sangrenta (Blood Creature / Terror is a Man, Estados Unidos / Filipinas, 1959)
· Criaturas (The Curse of the Komodo, 2004)
· Criaturas Hediondas (Palmitos/SC – Brasil, 1993)
· Crimes em Primeiro Grau (High Crimes, 2002)
· Cruzada (Kingdom of Heaven, 2005)
· Cry Wolf – O Jogo da Mentira (Cry_Wolf, 2005)
· Cujo (Cujo, 1983)
· Cut – Cenas de Horror (Cut, Austrália, 2000)

D (39)
· D-Tox (D-Tox, 2002)
· Da Terra à Lua (Rocketship X-M, EUA, 1950)
· Dama na Água, A (Lady in the Water, 2006)
· Dançando Com o Mal (Witchcraft V: Dance With the Devil, 1993)
· Daqui a Cem Anos (Things to Come, Inglaterra, 1936)
· Darkroom, The (The Darkroom, 2006)
· Décimo Oitavo Anjo, O (The Eighteenth Angel, 1998)
· Degraus Para o Passado (Time Travelers, 1976)
· Deicide – “In Torment in Hell” (2001)
· Deixe Ela Entrar (Lat Den Ratte Komma In / Let the Right One In, Suécia, 2008)
· Delírio de Um Sábio (Dr. Cyclops, 1940)
· Demência 13 (Dementia 13, 1963)
· Demônios da Mente (Demons of the Mind, Inglaterra, 1972)
· Desconhecidos, Os (Unknown, 2006)
· Desconhecidos (Perfect Strangers, Nova Zelândia, 2003)
· Despertar dos Mortos (Dawn of the Dead, 1978)
· Destino: Espaço Sideral (Assignment: Outer Space / Space Men, Itália, 1960)
· Devil´s Den (2006)
· Devorador de Pecados (The Order / The Sin Eater, 2003)
· Dia de Treinamento (Training Day, 2001)
· Dia do Terror, O (Valentine, 2001)
· Dia dos Mortos (Day of the Dead, 2008)
· Dia Em Que a Terra Parou, O (The Day the Earth Stood Still, 1951)
· Dia Em Que o Mundo Acabou, O (The Day the World Ended, 2001)
· Dívida de Sangue (Blood Work, 2002)
· Do Inferno (From Hell, 2001)
· 2001: Uma Odisséia no Espaço (2001: A Space Odissey, 1968)
· 2000.1 – Um Maluco Perdido no Espaço (2001 – A Space Travesty, Canadá, 2000)
· Dom da Premonição, O (The Gift, 2000)
· Dominação (Lost Souls, 2000)
· Doom – A Porta do Inferno (Doom, Estados Unidos / República Tcheca, 2005)
· Dor, A (Brasil, São Paulo/SP, curta metragem, 2008)
· Drácula 2000 (Dracula 2000, 2000)
· Drácula e os Mortos-Vivos (The World of Hammer – Dracula and the Undead, Inglaterra, 1990) – documentário
· Drácula II: A Ascensão (Dracula II: Ascension, 2003)
· Drácula – O Demônio das Trevas (Dracula, Inglaterra, 1973)
· Drácula: O Príncipe das Trevas (Dracula: Prince of Darkness, Inglaterra, 1966)
· Dragão Vermelho (Red Dragon, 2002)
· Dungeons & Dragons (Dungeons & Dragons, Estados Unidos / República Tcheca, 2000)

E (31)
· Eclipse Mortal (Pitch Black, 2000)
· Ecos do Além (Stir of Echoes, 1999)
· Efeito Colateral (Collateral Damage, 2002)
· Encarnação do Demônio (Brasil, 2008)
· Encurralado (Duel, 1971)
· Enigma de Talos, O (Talos the Mummy, 1998)
· Enigma do Pesadelo (Aenigma, 1988)
· Entrei em pânico ao saber o que vocês fizeram na sexta-feira 13 do verão passado (Carlos Barbosa/RS - Brasil, 2001)
· Enviado, O (Godsend, EUA / Canadá, 2004)
· Epidemia de Zumbis (The Plague of the Zombies, Inglaterra, 1966)
· Era do Gelo, A (The Ice Age, 2002)
· Era dos Mortos (MG – Brasil, 2007)
· Escola dos Espíritos (Hau Mo Chu / The Haunted School, Hong Kong, 2007)
. Escorpião Rei, O (The Scorpion King, 2002)
· Escuridão (The Dark, Inglaterra, 2005)
· Espíritos 2 – Você Nunca Está Sozinho (Alone / Faet, Tailândia, 2007)
· Esquecidos, Os (The Forgotten, 2004)
· Estrada Para Perdição (Road to Perdition, 2002)
· Eu, Robô (I, Robot, 2004)
· Eu Sou a Lenda (I Am Legend, 2007)
· Evil Dead, The (1982)
· Evil Dead II – Dead By Dawn (1987)
. Evolução (Evolution, 2001)
· Exército do Extermínio, O (The Crazies, 1973)
· Exorcista, O (The Exorcist, 1973) + Exorcista 2000 – Versão do Diretor, O (The Exorcist – Director’s Cut, 2000)
· Exorcista: O Início (Exorcist: The Beginning, 2004)
· Experiência, A (Das Experiment, Alemanha, 2001)
· Expresso Para o Inferno (Runaway Train, 1985)
· Extermínio (28 Days Later, Estados Unidos / Inglaterra / Holanda, 2002)
· Extermínio 2 (28 Weeks Later, Inglaterra, 2007)
· Extraordinário, O (The Unearthly, 1957)

F (26)
· Faces do Mal, As (Headspace, 2005)
· Falcão Negro em Perigo (Black Hawk Down, 2001)
· Fantasma do Espaço (Phantom From Space, 1953)
· Fantasma Invisível, O (Invisible Ghost, 1941)
· Fantasmas de Marte (Ghosts of Mars, 2001)
· Fantomas - O Guerreiro da Justiça (Ogon Batto, Japão, 1967)
· Farsa Diabólica (Seance on a Wet Afternoon, Inglaterra, 1964)
· Farsa Trágica (The Comedy of Terrors, 1964)
· Faust – O Pesadelo Eterno (Faust – Love of the Damned, Espanha / Estados Unidos, 2001)
· Feiticeiro, O (The Witching, 1972)
· Fera Assassina, A (Big Bad Wolf, Estados Unidos, 2006)
· Fera Deve Morrer, A (The Beast Must Die, Inglaterra, 1974)
· Filho de Chucky, O (Seed of Chucky, 2004)
· Filhos das Trevas (Demons / Demoni, Itália, 1985)
· Filhos de Katie Elder, Os (The Sons of Katie Elder, 1965)
· Fim dos Tempos (The Happening, Estados Unidos / Índia, 2008)
· Final Fantasy (Final Fantasy, 2001)
· Fixação (Swimfan, 2002)
· Floresta, A (The Woods, 2006)
· Fomos Heróis (We Were Soldiers, 2002)
· Fora de Controle (Changing Lanes, 2002)
· Força Sinistra (Lifeforce, EUA / Inglaterra, 1985)
· Forças do Mal (Creepshow III, 2006)
· Frankenstein (Frankenstein, 1931)
· Frankenstein Tem Que Ser Destruído (Frankenstein Must Be Destroyed!, Inglaterra, 1969)
· Freddy x Jason (Freddy Vs. Jason, 2003)

G (9)
· Galeria do Terror: Ar Gelado (Night Gallery, 1970/73 – Cool Air) – série de TV
· Garganta do Diabo (Cold Creek Manor, Estados Unidos / Canadá, 2003)
· Gosto de Sangue (Blood Simple, 1984)
· Grito, O (The Grudge, 2004)
· Gritos Mortais (Dead Silence, 2007)
· Guerra de Hart, A (Hart’s War, 2002)
· Guerra dos Mundos (War of the Worlds, 2005)
· Guerra Entre Planetas (This Island Earth, 1955)
· Guia do Mochileiro das Galáxias, O (The Hitchhiker´s Guide to the Galaxy, Estados Unidos / Inglaterra, 2005)

H (30)
· H. P. Lovecraft no Cinema
· Habitantes da Escuridão (They, 2002)
· Halloween (Halloween, 2007)
· Halloween – A Noite do Terror (Halloween, 1978)
· Halloween II (Halloween II, 1981)
· Halloween III – A Noite das Bruxas (Halloween III – Season of the Witch, 1982)
· Halloween H20 – 20 Anos Depois (Halloween H20 – Twenty Years Later, 1998)
· Halloween: Ressurreição (Halloween: Resurrection, 2002)
· Hammer – A Casa do Horror
· Harry Potter e a Câmara Secreta (Harry Potter and the Chamber of Secrets, 2002)
· Harry Potter e a Pedra Filosofal (Harry Potter and the Sorcerer’s Stone, 2001)
· Hellboy (Hellboy, 2004)
· Hellraiser – Renascido do Inferno (Hellraiser, Inglaterra, 1987)
· Hellbound – Hellraiser II (Inglaterra / EUA, 1988)
· Hellraiser III – Inferno na Terra (Hellraiser III – Hell on Earth, 1992)
· Hellraiser – A Herança Maldita (Hellraiser IV – Bloodline, 1996)
· Hellraiser – O Retorno dos Mortos (Hellraiser VII: Deader, Estados Unidos / Romênia, 2005)
· Homem-Aranha (Spider-Man, 2002)
· Homem-Aranha 3 (Spider-Man 3, 2007)
· Homem de Palha, O (The Wicker Man, 1973)
· Homem dos Olhos de Raio-X, O (“X” – The Man With the X-Ray Eyes, 1963)
· Homem Invisível, O (The Invisible Man, 1933)
· Horas de Desespero (The Desperate Hours, 1955)
· Horror em Amityville (The Amityville Horror, 2005)
· Horror Hotel (The City of the Dead / Horror Hotel, Inglaterra, 1960)
· Horror Metal
· Hospedeiro, O (The Host / Gwoemul, Coréia do Sul, 2006)
· Hospital Maldito (Boo, 2005)
· House of the Dead – O Filme (House of the Dead, Estados Unidos / Canadá / Alemanha, 2003)
· House of the Dead 2 (House of the Dead – A Casa dos Mortos 2, 2005)

I (13)
· Identidade (Identity, 2003)
· Ilha, A (The Island, 2005)
· Imperdoáveis, Os (Unforgiven, 1992)
· Império Submarino (Undersea Kingdom, 1936) – seriado em 12 capítulos
· Incrível Homem que Derreteu, O (The Incredible Melting Man, 1977)
· Indomáveis, Os (3:10 To Yuma, 2007)
· Insônia (Insomnia, 2002)
· Invasão dos Insetos Gigantes no Cinema, A
· Invasão Mortal (Deadly Invasion: The Killer Bee Nightmare, 1995)
· Invasora, A (À L´intérieur / Inside, França, 2007)
· Invasores (The Invasion, 2007)
· Invasores, Os (The Invaders, 1967/68) – série de TV
· Irmãos Grimm, Os (The Brothers Grimm, Estados Unidos / República Tcheca, 2005)

J (13)
· Jack-O: Demônio do Halloween (Jack-O-Lantern, 1995)
· James West (The Wild Wild West, 1965 / 1969) – série de TV
· Janela Secreta, A (Secret Window, 2004)
· Jarbas (livro de André Bozzetto Junior)
· Jason X (Jason X, 2001)
· Jogo dos Espíritos, O (Long Time Dead, Inglaterra, 2002)
· Jogos Mortais IV (Saw IV, 2007)
· John Russo
· Jornada nas Estrelas: Nêmesis (Star Trek: Nemesis, 2002)
· Jornada nas Estrelas - A Série Animada (Star Trek - The Animated Series, EUA, 1973 / 1975) - série de TV
· Jornada ao Centro do Tempo (Journey to the Center of Time, EUA, 1967)
· O Jovem Frankenstein (Young Frankenstein, 1974)
· Jurassic Park III (Jurassic Park III, 2001)

K (5)
· K-19: The Widowmaker (K-19: The Widowmaker, 2002)
· Kill Bill – Volume 1 (Kill Bill – Volume 1, 2003)
· Kill Bill – Volume 2 (Kill Bill – Volume 2, 2004)
· Km 31 (México / Espanha, 2006)
· K-Pax – O Caminho da Luz (K-Pax, 2001)

L (22)
· La Raiz del Mal (Espanha, 2008)
· Ladrão de Cadáveres, O (The Corpse Vanishes, 1942)
· Lago dos Zumbis, O (Zombie Lake / Le Lac des Morts Vivants, França / Espanha, 1981)
· Lágrimas do Sol (Tears of the Sun, 2003)
· Lake Mungo (Austrália, 2008)
· Lara Croft: Tomb Raider (Lara Croft: Tomb Raider, 2001)
· Lenda da Múmia, A (The Legend of the Mummy, 1997)
· Lenda do Cavaleiro Fantasma, A (Legend of the Phantom Rider, 2002)
· Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, A (Sleepy Hollow, 1999)
· Liga Extraordinária, A (The League of Extraordinary Gentlemen, Estados Unidos / Alemanha / República Tcheca / Inglaterra, 2003)
· Lobisomem, O (The Wolf Man, 1941)
· Lobisomem, O (The Wolfman, EUA / Inglaterra, 2010)
· Lobisomem no Quarto das Garotas, O (Lycanthropus / Werewolf in a girl´s Dormitory, Itália / Áustria, 1962)
· Locusts – O Dia da Destruição (Locusts – Day of Destruction, 2005)
· Lodo Verde, O (The Green Slime, Estados Unidos / Japão / Itália, 1968)
· Longa Distância (Long Distance, 2005)
· Loucas Aventuras de James West, As (Wild Wild West, 1999)
· Lua Mortal (Killing Moon, Estados Unidos / Canadá, 2000)
. Lua Perversa (RS / SC - Brasil, independente, 2010)
. Lua Sangrenta (Die Sage des Todes / Bloody Moon, Alemanha, 1981)
· Lugares Escuros (In a Dark Place / Dark Places, Inglaterra / Luxemburgo, 2006)
· Luxúria de Vampiros (Lust For a Vampire, Inglaterra, 1971)

M (51)
· M.I.B. – Homens de Preto II (M.I.B. – Men in Black II, 2002)
· Macabra Arte do Caos, A
· Madrugada dos Mortos (Dawn of the Dead, 2004)
· Maldição da Mosca, A (Curse of the Fly, Inglaterra, 1965)
· Maldição de Frankenstein, A (The Curse of Frankenstein, Inglaterra, 1957)
· Maldição do Altar Escarlate, A (Curse of the Crimson Altar, Estados Unidos / Inglaterra, 1968)
· Maldição dos Mortos-Vivos, A (The Serpent and the Rainbow, 1988)
· Malditas Aranhas! (Eight Legged Freaks, 2002)
· Mansão do Morcego, A (The Bat, 1959)
· Mansão Mal-Assombrada (The Haunted Mansion, 2003)
· Mão, A (The Hand, 1981)
· Mão do Diabo, A (Frailty, 2002)
· Maquiavélico William Hart, O (The Greed of William Hart, Inglaterra, 1948)
· Máquina do Tempo, A (The Time Machine, 2001)
· Mar Aberto (Open Water, 2004)
· Martyrs (França / Canadá, 2008)
· Máscara de Satã, A (The Mask of Satan / Black Sunday / La Maschera del Demonio, Itália, 1960)
· Massacre da Serra Elétrica, O (The Texas Chainsaw Massacre, 1973)
· Massacre da Serra Elétrica: O Início, O (The Texas Chainsaw Massacre: The Beginning, 2006)
· May – Obsessão Assassina (May, 2002)
· Médico e o Monstro, O (Dr. Jekyll and Mr. Hyde, 1932)
· Medo em Cherry Falls (Cherry Falls, 2000)
· Medo, Mistério e Morte (livro de Carlos Orsi Martinho)
· Medopontocombr (FeardotCom, Estados Unidos / Inglaterra / Alemanha / Luxemburgo, 2002)
· Megiddo (Megiddo, 2001)
· Mendigos (Ilópolis/RS – Brasil, 2004)
· Mensageiros, Os (The Messengers, EUA / Canadá, 2007)
· Metrópolis (Metropolis, Alemanha, 1926)
· Minority Report – A Nova Lei (Minority Report, 2002)
· Míssil Para a Lua (Missile to the Moon, EUA, 1958)
· Mistério da Libélula, O (Dragonfly, 2002)
· Monstro da Lagoa Negra, O (Creature From the Black Lagoon, 1954)
· Monstros da Noite, Os / Marinha Contra os Monstros, A (The Navy Vs. The Night Monsters, 1966)
· Monstros S.A. (Monsters, Inc., 2001)
· Monstros vs. Alienígenas (Monsters vs. Aliens, 2009)
· Montana – Terra Proibida (Montana, 1950)
· Morra ou Diga Sim (Say Yes / Sae-yi Yaeseu, Coréia do Sul, 2001)
· Mortalha da Múmia (The Mummy’s Shroud, Inglaterra, 1967)
· Morte Para Um Monstro (Die, Monster, Die!, Estados Unidos / Inglaterra, 1965)
· Morte Súbita (Rogue, Estados Unidos / Austrália, 2007)
· Morto em 3 Dias (Dead in 3 Days / In 3 tagen bist du tot, Áustria, 2006)
· Mortos de Fome (Ravenous, 1999)
· Mortos Que Matam (The Last Man on Earth, Estados Unidos / Itália, 1964)
· Mortos Vivos, Os (Dead & Buried, 1981)
· MosquitoMan (Mansquito, 2005)
· Mulher-Gato (Catwoman, 2004)
· Mulher Vespa, A (The Wasp Woman, 1960)
· Mundo em Perigo, O (Them!, 1954)
· Mundos Que Se Chocam (Killers From Space, 1954)
· Museu de Cera (House of Wax, 1953)
· Mutantes Assassinos (Snakehead Terror, Canadá, 2004)

N (17)
· Na Companhia do Medo (Gothika, 2003)
· Na Mira da Morte (Targets, 1968)
· Na Próxima Lua Cheia (livro de André Bozzetto Junior)
· Na Solidão da Noite (Dead of Night, Inglaterra, 1945)
· No Cair da Noite (Darkness Falls, 2003)
· Navio Fantasma (Ghost Ship, 2002)
· Necronomicon, o Livro Proibido dos Mortos (Necronomicon, 1993)
· Névoa, A (The Fog, Estados Unidos / Canadá, 2005)
· Nevoeiro, O (The Mist, 2007)
· Night Visions (Night Visions, 2001) série de TV
· Nightmares and Dreamscapes: From the Stories of Stephen King (Estados Unidos / Austrália, 2006)
· Noite do Lobo, A (Moon of the Wolf, 1972)
· Noite do Terror (See No Evil, 2006)
· Noite dos Mortos Vivos, A (Night of the Living Dead, 1968)
· Noite dos Mortos Vivos, A (Night of the Living Dead, 1990)
· Noivas do Vampiro, As (The Brides of Dracula, Inglaterra, 1960)
· Núcleo – Missão ao Centro da Terra, O (The Core, 2003)

O (16)
· Oásis dos Zumbis (Oasis of the Zombies, França, 1982)
· Observador, O (The Watcher, 2000)
· Odisséia nas Sombras (livro de André Bozzetto Junior)
· Oldboy (Oldboy, Coréia do Sul, 2003)
· Olga (Brasil, 2004)
· Olhar de Anjo (Angel Eyes, 2001)
· Olho do Mal, O (The Eye, 2008)
· Olho Que Tudo Vê, O (My Little Eye, Inglaterra / França / Estados Unidos, 2002)
· Olhos da Cidade São Meus, Os (Anguish, Espanha, 1986)
· Olhos de Fogo (Eyes of Fire, 1983)
· Olhos Famintos (Jeepers Creepers, 2001)
· Olhos Famintos 2 (Jeepers Creepers 2, 2003)
· Orfanato, O (El Orfanato, Espanha / México, 2007)
· Orgia Noturna dos Vampiros, A (La Orgia Nocturna de los Vampiros / The Vampires Night Orgy, Espanha, 1973)
· Oswaldo (Brasil, Santos/SP, curta metragem, 2007)
· Outros, Os (The Others / Los Otros, Espanha / França / Estados Unidos, 2001)

P (43)
· P2 – Sem Saída (P2, 2007)
· Pacto dos Lobos, O (Le Pacte des Loups / Brotherhood of the Wolf, França, 2001)
· Paisagens, Pesadelos e Paranóias (Brasil, Ilópolis/RS, curta metragem, 2007)
· Paixão de Cristo, A (The Passion of the Christ, 2004)
· Palhaço Assassino (Clownhouse, 1989)
· Pânico e Morte na Cidade (The Night Stalker, 1972)
· Pânico na Floresta (Deep in the Woods / Promenons-nous dans les bois, França, 2000)
· Pânico na Floresta (Wrong Turn, Estados Unidos / Alemanha, 2003)
· Pânico no Lago 2 (Lake Placid 2, 2007)
· Pavor na Cidade dos Zumbis (Paura Nella Cittá Dei Morti Viventi / City of the Living Dead, Itália, 1980)
· Pearl Harbor (Pearl Harbor, 2001)
· Pelotão Vampiro (The Lost Platoon, 1991)
· Pequena Loja dos Horrores, A (The Little Shop of Horrors, 1960)
· Perdidos no Espaço (Lost in Space, 1965/68) – série de TV
· Perkins´14 (Perkins´14, 2009)
. Pesadelo, O (Boogeyman, 2005)
· Pesadelos Diabólicos (Nightmares, 1983)
· Peter Cushing
· Phenomena (Phenomena, Itália, 1985)
· Pianista na Guerra de Cinzas, O (Pianista, O & Cinzas da Guerra) (The Pianist / Le Pianiste, França / Alemanha / Polônia / Inglaterra, 2002 & The Grey Zone, 2001)
· Pirado no Espaço (Rocketman, 1997)
· Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra (Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl, 2003)
· Planeta dos Desaparecidos, O (Battle of the Worlds / Il Pianeta degli Uomini Spenti, Itália, 1961)
· Planeta dos Macacos (Planet of the Apes, 2001)
· Planeta dos Macacos: uma Mensagem Para a Humanidade, O (The Planet of the Apes, 1968)
· Planeta Pré-Histórico, O (Voyage to the Prehistoric Planet, 1965)
· Planeta Proibido (Forbidden Planet, 1956)
· Planeta Terror (Planet Terror, 2007) (segmento de “Grindhouse”)
· Plataforma do Medo (Creep, Inglaterra / Alemanha, 2004)
· Platoon (Platoon, 1986)
· Por Trás da Máscara - O Surgimento de Leslie Vernon (Behind the Mask: The Rise of Leslie Vernon, 2006)
· Por Uns Dólares a Mais (For a Few Dollars More, Itália, 1965)
· Portão do Cemitério (Cemetery Gates, 2006)
· Poseidon (Poseidon, 2006)
· Praga, A (The Plague, 2006)
· Prelúdio Para Matar (Profondo Rosso / Deep Red, Itália, 1975)
· Premonição 2 (Final Destination 2, 2003)
· Premonição 3 (Final Destination 3, 2006)
· Profecia, A (The Omen, 2006)
· Projeto Dinossauro (The Dinosaur Project, Inglaterra, 2012)
· Proprietário, O (El Propietario / The Owner, Argentina, 2008)
· Psicose (Psycho, 1960)
· Pumpkin Karver (The Pumpkin Karver, 2006)

Q (4)
· Quarentena (Isolation, Inglaterra / Irlanda, 2005)
· Quarto do Pânico, O (Panic Room, 2002)
· Queda da Casa de Usher, A (Revenge in the House of Usher, Espanha / França, 1982)
· Quinta Dimensão (The Outer Limits, EUA, 1963 / 1965) - série de TV

R (31)
· Rainha dos Condenados, A (Queen of the Damned, 2002)
· Raio Invisível, O (The Invisible Ray, 1936)
· Rambo: Programado Para Matar (First Blood, 1982)
· Rambo IV (Rambo IV, EUA / Alemanha, 2008)
· Rawhead Rex (Monster – A Ressurreição do Mal / Rawhead Rex, Inglaterra, 1987)
· Rei Arthur (King Arthur, 2004)
· Reino de Fogo (Reign of Fire, 2002)
· Relíquia, A (The Relic, 1997)
· Replicante (Replicant, 2001)
· Resident Evil – O Hóspede Maldito (Resident Evil, 2002)
· Resident Evil 2: Apocalipse (Resident Evil: Apocalypse, 2004)
· Resident Evil 3: A Extinção (Resident Evil: Extinction, França / Austrália / Alemanha / Inglaterra / EUA, 2007)
· Retorno da Múmia, O (The Mummy Returns, 2001)
· Retorno dos Mortos-Vivos, O (The Return of the Evil Dead, Espanha, 1973)
· Retorno dos Vermes Malditos, O (Mongolian Death Worm, EUA, 2010)
· Retratos de Uma Obsessão (One Hour Photo, 2002)
· Retrograde (Retrograde, 2004)
· Revista Cine Monstro
· Revolta dos Zumbis, A (Revolt of the Zombies, 1936)
· Rios Vermelhos (Les Rivières Pourpres, França, 2000)
· Rios Vermelhos 2: Anjos do Apocalipse (Les Rivières Pourpres 2 – Les Anges de L’Apocalypse , França, 2004)
· Ripper: O Mensageiro do Inferno (Ripper: Letter From Hell, 2001)
· Ritos Satânicos de Drácula, Os (The Satanic Rites of Dracula, Inglaterra, 1973)
· Robocop – O Policial do Futuro (Robocop, 1987)
· Robur, o Conquistador do Mundo (Master of the World, 1961)
· Roger Corman – O Rei dos Filmes “B”
· Rollerball (Rollerball, 2002)
· Rollerball – Os Gladiadores do Futuro (Rollerball, 1975)
· Romântico Defensor (Albuquerque, EUA, 1948)
· Rota da Morte (Dead End, Estados Unidos / França, 2003)
· Roubando Vidas (Taking Lives, Estados Unidos / Canadá, 2004)

S (33)
· Sacrifício, O (The Wicker Man, Estados Unidos / Alemanha, 2006)
· Sam´s Lake (Sam´s Lake, Canadá / EUA / Coréia do Sul, 2005)
· Sangue no Sarcófago da Múmia (Blood From the Mummy’s Tomb, Inglaterra, 1971)
· Sasquatch – O Abominável (The Untold / Sasquatch, Canadá, 2002)
· Scooby-Doo (Scooby-Doo, 2002)
· Scooby-Doo 2: Monstros à Solta (Sccoby-Doo 2: Monsters Unleashed, 2004)
· Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel, O (The Lord of the Rings: The Fellowship of the Ring, Nova Zelândia / Estados Unidos, 2001) (Artigo da Trilogia) + Senhor dos Anéis: As Duas Torres, O (The Lord of the Rings: The Two Towers, Nova Zelândia / Estados Unidos, 2002) (Artigo da Trilogia) + Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (The Lord of the Rings: The Return of the King, Nova Zelândia / Estados Unidos, 2003) (Artigo da Trilogia)
· Sentinela dos Malditos, A (The Sentinel, 1977)
· Seres Rastejantes (Slither, Canadá / Estados Unidos, 2006)
· Serpente, A (The Reptile, Inglaterra, 1966)
· Sete Dias Para Viver (Seven Days to Live, Estados Unidos / Alemanha / República Tcheca, 2000)
· Sétima Vítima, A (Darkness, Estados Unidos / Espanha, 2002)
· Sexta-Feira 13 – O Legado (Friday the 13th – The Legacy / Friday´s Curse, 1987/88) – série de TV
· Sexta-Feira 13 (Friday the 13th, 2009)
· Sexto Dia, O (The 6th Day, 2000)
· SharkMan (SharkMan / Hammerhead: Shark Frenzy, 2005)
· Shrek (Shrek, 2001)
· Silk – O Primeiro Espírito Capturado (Silk / Guisi, Taiwan, 2006)
· Sinais (Signs, 2002)
· Sodom – Um dos Precursores do Thrash Metal
· Soldado do Futuro, O (Soldier, 1998)
· Som do Trovão, O (A Sound of Thunder, Estados Unidos / Alemanha / República Tcheca, 2005)
· Soma de Todos os Medos, A (The Sum of All Fears, 2002)
· Sombras do Terror / Terror no Castelo (The Terror, 1963)
· Sótão, O (The Attic, 2008)
· Sozinho no Escuro (Alone in the Dark, 1982)
· Star Wars: Episódio II – Ataque dos Clones (Star Wars: Episode II – Attack of the Clones, 2002)
· Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith (Star Wars: Episode III – Revenge of the Sith, 2005)
· Star Wars: The Clone Wars (2008)
· Stephen King – O Mestre do Horror Moderno
· Stigmata (Stigmata, 1999)
· Strange Girls (Strange Girls, 2008)
· Super 8 (Super 8, EUA, 2011)
· Suspiria (Suspiria, Itália, 1977)

T (28)
· Tarântula (Tarantula, EUA, 1955)
· Teatro da Morte / Sete Máscaras da Morte, As (Theatre of Blood, Inglaterra, 1973)
· Teenage Zombies (EUA, 1959)
· Terminal, O (The Terminal, 2004)
· Terra dos Mortos (Land of the Dead, 2005)
· Terra Rasa (Shallow Ground, 2004)
· Terra Tranquila (The Quiet Earth, Nova Zelândia, 1985)
· Terrível Dr. Orloff, O (The Awful Dr. Orloff, Espanha / França, 1962)
· The 8th Plague (The 8th Plague, 2006)
· Todo Mundo em Pânico 2 (Scary Movie 2, 2001)
· Todo Mundo em Pânico 3 (Scary Movie 3, 2003)
· Todo Mundo em Pánico 4 (Scary Movie 4, 2006)
· Todo Mundo Quase Morto (Shaun of the Dead, Inglaterra, 2004)
· Transformers: A Vingança dos Derrotados (Transformers: Revenge of the Fallen, 2009)
· Trash, Náusea Total (Bad Taste, Nova Zelândia, 1987)
· Trauma (Trauma, Estados Unidos / Itália, 1993)
· Trem da Morte (Dead Rail / Alien Express, 2005)
· 3 Cortes (São Paulo/SP – Brasil) – DVD com curtas metragens: “Sozinho” (Cromossomo3, 2003) / “Coleção de Humanos Mortos” (Black Vomit, 2005) / “06 Tiros, 60 ml” (Cinema de Trincheira, 2005)
· 13 Fantasmas (13 Ghosts, 2001)
· Trilha de Sangue (Blood Trails, Alemanha, 2006)
· Trilogia do Terror (Body Bags, 1993)
· 30 Dias de Noite (30 Days of Night, EUA, 2007)
· Tróia (Troy, 2004)
· Tropas Estelares (Starship Troopers, 1997)
· Túmulo do Vampiro, O (Grave of the Vampire, 1974)
· Túmulo Vazio, O (The Body Snatcher, 1945)
· Túnel do Horror, O (Night Shift Collection, 1983 / 87 / 95)
· Turistas (Turistas, 2006)

U (8)
· Última Profecia, A (The Mothman Prophecies, 2002)
· Última Viagem, A (Lost Voyage, 2001)
· Último Exorcismo, O (The Last Exorcism, EUA / França, 2010)
· Um Grito Embaixo D’Água (The Pool, Alemanha, 2001)
· 1408 (1408, 2007)
· Uma Noite Alucinante 3 (Army of Darkness, EUA, 1992)
· Uma Noite no Museu (Night at the Museum, 2006)
· Uma Overdose de Ficção Científica Bagaceira – análise de 12 filmes: “O Invasor Galáctico” (The Galaxy Invader, Estados Unidos, 1985), “Eles Vieram do Espaço Exterior” (They Came From Beyond Space, Inglaterra, 1967), “O Planeta Fantasma” (The Phantom Planet, Estados Unidos, 1961), “Batalha no Espaço Estelar” (War of the Planets / Battaglie Negli Spazi Stellari, Itália, 1977), “Um Mundo Desconhecido” (Unknown World, Estados Unidos, 1951), “O Fantástico Homem Transparente” (The Amazing Transparent Man, Estados Unidos, 1960), “O Alerta do Espaço” (Warning From Space / Uchujin Tokyo Ni Arawaru, Japão, 1956), “Gammera – O Monstro Invencível” (Gammera the Invincible, Estados Unidos, 1966), “A Batalha dos Monstros” (Attack of the Monsters / Gamera tai daiakuju Giron, Japão, 1969), “Destruam Toda a Terra” (Destroy All Planets / Gamera tai uchu kaijû Bairasu, Japão, 1968), “A Primeira Espaçonave em Vênus” (First Spaceship on Venus / Der Schweigende Stern, Alemanha / Polônia, 1960), “O Monstro de Vênus” (Zontar, the Thing From Venus, Estados Unidos, 1966)

V (28)
· Vampiro da Era Atômica, O (Atom Age Vampire, Itália, 1960)
· Vampiros do Deserto (The Forsaken, 2001)
· Van Helsing – O Caçador de Monstros (Van Helsing, Estados Unidos / República Tcheca, 2004) · Vanilla Sky (Vanilla Sky, 2001)
· Várias Faces de Christopher Lee, As (The Many Faces of Christopher Lee, Inglaterra, 1996) – documentário
· Velozes e Mortais (Highwaymen, Canadá, 2003)
· Veio do Espaço (It Came From Outer Space, 1953)
· Venom (Venom, 2005)
· Viagem ao Centro da Terra – O Filme (Journey to the Center of the Earth, 2008)
· Viagem ao Fundo do Mar (Voyage to the Bottom of the Sea, 1961)
· Viagem ao Fundo do Mar: O Ataque da Aranha Monstruosa (Voyage to the Bottom of the Sea, 1964/68, The Monster’s Web) – série de TV
· Viagem ao Fundo do Mar: O Monstruoso Homem Peixe (Voyage to the Bottom of the Sea, 1964/68, The Menfish) – série de TV
· Viagem Fantástica (Fantastic Voyage, 1966)
· Viagem Maldita (The Hills Have Eyes, 2006)
· Videodrome – A Síndrome do Vídeo (Videodrome, Canadá / Estados Unidos, 1982)
· Vidocq – O Mito (Vidocq, França, 2001)
· Vila, A (The Village, 2004)
· Vincent Price
· Vingança de Frankenstein, A (The Revenge of Frankenstein, Inglaterra, 1958)
· Vingança de Um Pistoleiro, A (Ride in the Whirlwind, EUA, 1965)
· Violação de Conduta (Basic, 2003)
· Vírus (Carriers, 2009)
. Visão, A / Visões (The Sight, 2000)
· Visitante de Inverno, O (Visitante de Invierno / Winter Visitor, Espanha / Argentina, 2008)
· Visões (The Eye 2 / Gin Gwai, Hong Kong / Tailândia, 2004)
· Viy – O Espírito do Mal (Viy or Spirit of Evil, Rússia, 1967)
· Volta dos Mortos-Vivos, A: Necrópolis (Return of the Living Dead: Necrópolis, 2005)
· Vôo Noturno (Red eye, 2005)

W (2)
· Werewolf – A Noite do Lobo (Werewolf, 1996)
· Wolf Creek – Viagem ao Inferno (Wolf Creek, Austrália, 2005)

Z (1)
· Zombies (Zombies / Wicked Little Things, 2006)

Comentários de Cinema - Parte 30


Filmes abordados:

Bonecas da Morte, As (The Psychopath, Inglaterra, 1966)
Criatura da Mão Azul, A (Creature With the Blue Hand / Die blaue Hand, Alemanha Ocidental, 1967)
Cruz do Diabo, A (La Cruz del Diablo / Cross of the Devil, Espanha, 1975)
Fantasma de Frankenstein, O (The Ghost of Frankenstein, EUA, 1942, PB)
Fantasmas Que Ainda Vagam (Ghosts That Still Walk, EUA, 1977)
Latidos de Pánico (Panic Beats, Espanha, 1983)
Sol (São Paulo, Brasil, 2017, curta-metragem independente 14 min.)
Uivo da Bruxa, O (Cry of the Banshee, Inglaterra, 1970)

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* As Bonecas da Morte (1966)
A produtora inglesa “Amicus” foi uma valiosa rival da mais cultuada “Hammer”, e sua lista de filmes do gênero fantástico têm quase três dezenas, presenteando os apreciadores do estilo com preciosidades como “As Profecias do Dr. Terror” (1965), “A Maldição da Caveira” (1965), “As Torturas do Dr. Diabolo” (1967), “A Casa Que Pingava Sangue” (1971), “Contos do Além” (1972), “A Casa do Terror” (1974), entre vários outros. E atores consagrados como Christopher Lee, Peter Cushing e Vincent Price fizeram parte de vários filmes da “Amicus”.
“As Bonecas da Morte” (1966) tem direção de Freddie Francis (1917 / 2007), um nome conhecido principalmente no cinema de horror das décadas de 1960 e 70, e o roteiro é de autoria de Robert Bloch (1917 / 1994), autor do livro que inspirou o clássico “Psicose” (1960), de Alfred Hitchcock.
Um grupo de músicos ingleses enfrenta a ira de um assassino brutal que tem a característica bizarra de deixar sempre uma boneca com a aparência da vítima nas cenas dos crimes, intrigando a polícia. Eles faziam parte de uma comissão aliada que julgava criminosos de guerra alemães após a Segunda Guerra Mundial, e escondia um segredo misterioso do passado.
O grupo era formado por Reinhardt Klermer (John Harvey), pelo aposentado Frank Saville (Alexander Knox), pelo escultor Victor Ledoux (Robert Crewdson) e pelo funcionário da embaixada holandesa Martin Roth (Thorley Walters). As mortes eram investigadas pelo Detetive Inspetor Holloway (Patrick Wymark), auxiliado pelo Sargento Morgan (Tim Barrett). E as suspeitas recaíram para a idosa cadeirante Ilsa Von Sturm (Margaret Johnston), colecionadora de bonecas, e seu filho Mark (John Standing). Eles tinham fortes motivos para vingança por causa do suicídio do patriarca da família, um industrial que foi preso por crimes de guerra julgados pela comissão formada pelos músicos, que alegavam que ele utilizava trabalho escravo em suas fábricas.
Outros suspeitos investigados pela polícia eram o casal formado por Louise Saville (Judy Huxtable), desenhista de bonecas e filha de um dos violinistas assassinados, e seu noivo Donald Loftis (Don Borisenko), um estudante de medicina.
O filme é uma tradicional história de detetive com elementos de horror em mortes “off screen”, com uma ideia central sobre assassinatos misteriosos cometidos por um psicopata (do título original), e uma árdua investigação policial analisando os suspeitos. Apesar da previsibilidade dos eventos, dos inevitáveis clichês e da narrativa lenta em alguns momentos, ainda temos uma atmosfera de mistério interessante com um clima sinistro envolvendo os assassinatos, além de desfecho memorável e perturbador. Indicado para os fãs dos antigos filmes ingleses da “Amicus” e “Hammer”.
 (RR – 16/01/17)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* Criatura da Mão Azul, A (1967)
 “A Criatura da Mão Azul” é mais um filme que surpreendentemente foi lançado no mercado brasileiro de vídeo VHS, distribuído pela obscura “MBA Home Vídeo”. Trata-se de uma produção da Alemanha Ocidental (na época conturbada dos anos 60 a Alemanha era dividida por questões políticas e a unificação somente ocorreu em 1990), com uma típica história de detetive com sutis elementos de horror nas ações de um assassino misterioso usando uma luva de ferro com dedos pontudos em lâminas afiadas para penetrar na carne de suas vítimas. Na Alemanha, esse sub-gênero de suspense policial é conhecido como “krimi”, equivalente aos “giallos” italianos”.
Essa arma conhecida como “mão azul” (do título), fazia parte de uma armadura medieval de guerra.  Curiosamente, podemos considerar essa ideia como precursora ou inspiração para a luva de facas do popular psicopata Freddy Krueger, criado pelo cineasta Wes Craven para a cultuada franquia “A Hora do Pesadelo”.
Com direção de Alfred Vohrer e Samuel M. Sherman (este não creditado), o roteiro foi baseado em história do escritor inglês Edgar Wallace (1875 / 1932), especialista em argumentos policiais e de mistério, e conhecido pela ideia conceitual do popular “King Kong”, o macaco gigantesco que apareceu em inúmeros filmes. Em “A Criatura da Mão Azul”, ambientado em Londres, Inglaterra, temos um homem condenado à prisão por assassinato, David Donald Emerson (Klaus Kinski), que alega inocência. Misteriosamente, ele é ajudado a fugir do manicômio judiciário dirigido pelo suspeito Dr. Albert Mangrove (Carl Lange), e retorna para a mansão sinistra de sua família rica, que fica nas proximidades do presídio.
Lá chegando, ele encontra seu irmão gêmeo Richard, que desaparece, assumindo seu lugar. Paralelamente, começa a ocorrer mortes misteriosas no interior do imenso casarão com estilo gótico, que é repleto de portas escondidas e passagens secretas para ambientes ocultos, com a identidade do assassino escondida por debaixo de um manto preto e utilizando a luva de pontas. Assustando seus moradores, como o aristocrático e igualmente enigmático mordomo Anthony (Albert Bessler) e os membros da família como a matriarca Lady Emerson (Ilse Steppat), e os irmãos do presidiário fugitivo, Robert e Charles (Peter Parten e Thomas Danneberg, respectivamente), além da jovem irmã Myrna (Diana Korner). As mortes em série despertam a atenção da polícia, sob a liderança das investigações pelo Inspetor Craig (Harald Leipnitz), da Scotland Yard, que recebe o auxílio esporádico de Sir John (Siegfried Schurenberg).
O filme tem um ritmo bastante ágil, com ações praticamente ininterruptas alternando momentos entre os ataques do maníaco e os assassinatos, com a condução das investigações da polícia, especulando a ideia de uma conspiração com vários suspeitos e a tentativa de surpresa na revelação da identidade da “criatura da mão azul”. Mas, tem algumas tentativas de humor que poderiam ser evitadas e a trilha sonora escolhida nas cenas de perseguição é muita estranha, minimizando a atmosfera de tensão. O grande nome do elenco, o polonês Klaus Kinski (1926 / 1991) poderia ser mais aproveitado, com maior presença apenas na primeira metade do filme. 
Curiosamente, recebeu outro nome alternativo, “The Bloody Dead”, que é um título exagerado e que seria mais apropriado para um filme de horror sangrento, que não é o caso aqui. Esse outro nome foi escolhido para o mercado americano de vídeo, numa versão com diferenças como cortes e também acréscimos de cenas adicionais, com redução na metragem final passando de 87 para 74 minutos (P.S.: aliás, essa versão reduzida é a que eu assisti).
(RR – 02/02/17)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* Cruz do Diabo, A (1975)
Lançado em VHS no Brasil pela “Omni Vídeo”, “A Cruz do Diabo” (La Cruz del Diablo, 1975) é mais uma pérola do cinema bagaceiro espanhol da década de 70 do século passado. Foi dirigido pelo inglês John Gilling (1912 / 1984), o último filme de sua carreira significativa para o gênero, que inclui várias outras preciosidades. Como algumas produções da “Hammer”, “A Sombra do Gato” (1961), “A Serpente” (1966), “Epidemia de Zumbis” (1966) e “A Mortalha da Múmia” (também conhecido por aqui como “O Sarcófago Maldito”, 1967), além de “O Monstro do Raio Gama” (1956) e “A Carne e o Diabo” (ou “O Monstro da Morgue Sinistra”, 1960), este com Peter Cushing e Donad Pleasence. Aliás, conforme informado no site “IMDB” (Internet Movie Database), curiosamente John Gilling não tinha a intenção de dirigir “A Cruz do Diabo”, e quando estava de férias na Espanha foi convencido a assumir o projeto num convite do também cineasta Paul Naschy, um dos grandes nomes do gênero e com vasta filmografia e contribuição para a história do cinema de horror.
Um escritor e jornalista, Alfred Dawson (Ramiro Oliveros), vive na Inglaterra com sua namorada Maria (Carmen Sevilla). Fumante inveterado, viciado em ópio, ele tem pesadelos e alucinações constantes onde vê uma mulher sendo torturada por antigos templários da Idade Média. Ele viaja para Madri, Espanha, depois de receber uma carta de sua irmã Justine Carrillo (Monica Randall), que vive naquele país, casada com o Sr. Enrique (Eduardo Fajardo), um homem rico e bem mais velho que ela, pedindo a visita urgente do irmão por estar se sentindo ameaçada após o aborto do filho. Lá chegando, recepcionado pelo misterioso e suspeito Cesar del Rio (Adolfo Marsillach), secretário do Sr. Enrique, o escritor encontra a irmã morta e é informado que foi assassinada por um ladrão comum.
Porém, Alfred desconfia dos fatos e sente uma estranha atmosfera sobrenatural envolvendo a morte da irmã, decidindo investigar um lugar que abriga a “Cruz do Diabo” (do título do filme), localizado no “Monte das Almas”, onde ainda existem ruínas de um mosteiro que foi utilizado pelos templários. Segundo uma lenda a tal cruz foi forjada com o ferro da armadura do próprio diabo. Um território sinistro, temido por todos, e envolto em superstições que diziam que os cavaleiros medievais saíam de seus túmulos para praticar rituais de magia negra no “Dia de Todos os Santos”, numa vingança sangrenta contra quem invadia seus domínios.
“Os templários, membros de uma ordem militar da Idade Média. A missão da ordem era proteger os peregrinos que iam para a Terra Santa. Com o tempo, acumularam riquezas e poder, um poder maligno. Renunciaram ao catolicismo e se dedicaram aos rituais sombrios. Adoravam um ídolo chamado Baphomet. Espalharam-se pela Europa inteira e pela Espanha em particular. Porém, em 1312 a Ordem foi aniquilada.” – trecho de um livro sobre a história sangrenta dos templários.
Temos que agradecer o multifuncional espanhol Paul Naschy (também conhecido como Jacinto Molina) por ter convencido John Gilling a dirigir “A Cruz do Diabo”, tornando-se o último registro de sua carreira. Não que seja uma obra prima, pois é apenas mais um filme com elementos góticos que tem seu pequeno lugar na história do cinema de horror. Mas, porque foi uma oportunidade de Gilling encerrar suas atividades com um filme trazendo aquelas tradicionais características de horror sobrenatural onde não faltam ruínas macabras, uma floresta sombria envolta em neblina, carruagens como meios de transporte, candelabros e tochas para iluminação, mortos que deixam suas sepulturas para aterrorizar os vivos, e cenas de pesadelos perturbadores.
É verdade que temos alguns momentos com uma narrativa lenta que contribui para afastar o espectador da história. Mas, o desfecho com a dúvida sobre as ações do protagonista Alfred na busca pela verdade sobre o assassinato misterioso da irmã, numa confusão entre a realidade e as alucinações causadas pelo consumo de ópio, e os elementos góticos com a exploração do sempre macabro tema dos antigos cavaleiros templários em sua vingança sangrenta, desperta aquele esperado interesse nos apreciadores do estilo.      
(RR – 30/01/17)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* O Fantasma de Frankenstein (1942)
A produtora americana “Universal”, assim como toda empresa que precisa lucrar para manter e continuar suas atividades, aproveitou a boa receptividade do público com a história do monstro de Frankenstein (criado pela escritora Mary Shelley em 1818) e explorou a ideia o máximo possível. “O Fantasma de Frankenstein” (1942) é o quarto filme da série, após “Frankenstein” (1931), “A Noiva de Frankenstein” (1935) e “O Filho de Frankenstein” (1939), sendo que nestes três filmes a criatura foi interpretada pelo lendário Boris Karloff (1887 / 1968), que não repetiu mais o papel. Em seu lugar foi escalado então outro ícone do cinema de horror, Lon Chaney Jr. (1906 / 1973), mais conhecido como o “lobisomem” no clássico de 1941.
Em “O Fantasma de Frankenstein”, dirigido por Erle C. Keaton, a história segue a partir dos acontecimentos do filme anterior, e o monstro estaria supostamente destruído, soterrado numa mina de enxofre debaixo da torre do cientista Frankenstein, e o ajudante Ygor, interpretado pelo húngaro Bela Lugosi (1886 / 1956), o eterno “Drácula” depois de surgir no filme homônimo de 1931, havia sido cravejado de balas. Porém, os aldeões do vilarejo estão descontentes com o declínio da região, alegando influência da maldição de Frankenstein. Nada prospera no local e então eles conseguem autorização das autoridades para explodir o castelo do “cientista louco”. Para a surpresa geral, encontram o manco Ygor ainda vivo e ele, depois da destruição do imenso casarão de pedras, localiza o monstro no subsolo, preservado pelo enxofre.
Ygor consegue resgatar seu companheiro e juntos fogem para a cidade de Visaria para procurar o outro filho de Frankenstein, o médico Ludwig (Cedric Hardwicke), especialista em doenças mentais. Após uma série de incidentes entre a criatura e os moradores da cidade, envolvendo também o promotor Erick Ernst (Ralph Bellamy), namorado de Elsa (Evelyn Ankers, filha de Ludwig Frankenstein), Ygor consegue convencer o também cientista e seu assistente ressentido Dr. Theodore Bohmer (Lionel Atwill), a realizarem novas experiências com o monstro, tentando trocar seu cérebro maligno. O Dr. Ludwig recebe também a influência de uma aparição do fantasma de seu pai, que aconselha não destruir a criatura feita de restos de cadáveres humanos.       
“No entanto, quase resolvi um problema que tem confundido o ser humano desde tempos imemoriais: o segredo da vida criada artificialmente” – fantasma do Barão Henry Frankenstein
Com fotografia em preto e branco e duração de apenas 67 minutos (era comum naquela época os filmes serem curtos), “O Fantasma de Frankenstein” desperta interesse quase que exclusivamente pela atmosfera gótica e pelos atores (Lon Chaney Jr. e Bela Lugosi sempre tiveram grande relação com o Horror). Enquanto Chaney continua fazendo do monstro de Frankenstein uma aberração assustadora, numa decisão acertada em manter os mesmos aspectos visuais da criatura dos filmes anteriores interpretada por Karloff, o sinistro Ygor de Bela Lugosi também continua convincente e de extrema importância para os rumos da história.
Por outro lado, o roteiro pouco contribuiu para esse universo ficcional já bastante explorado, mesmo em 1942. A necessidade de obtenção de lucros pelos realizadores pressionou os roteiristas, que por sua vez enfrentaram uma escassez de criação. Eles reciclavam as mesmas ideias, contando histórias similares com os descendentes do cientista, ressuscitando o monstro e outros personagens, e utilizando as mesmas motivações e elementos que caracterizaram os filmes anteriores. O ápice dessa falta de originalidade resultou em vários filmes “crossover” produzidos em seguida, misturando os monstros “Drácula”, “Lobisomem” e “Criatura de Frankenstein” numa mesma história, abandonando ainda mais qualquer regra de coerência. 
Por curiosidade, o filme recebeu primeiramente o título nacional “A Alma de Frankenstein” e depois também ganhou o mais apropriado “O Fantasma de Frankenstein”. Foi lançado em DVD tanto pela “Universal” quanto “Dark Side” num programa duplo com o filme anterior da série, “O Filho de Frankenstein”. E também sozinho, pela “Continental”.    
(RR – 05/02/17)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* Fantasmas Que Ainda Vagam (1977)
Curiosamente, o mercado brasileiro de vídeo VHS, que iniciou seus lançamentos principalmente a partir de meados dos anos 1980, distribuiu por aqui vários filmes obscuros que normalmente apostaríamos que jamais fossem comercializados. É o caso da produção americana “Fantasmas Que Ainda Vagam” (1977), lançado pela D.I.V (Distribuidora Internacional de Vídeo), com direção e roteiro do desconhecido James T. Flocker.
Um adolescente de quinze anos, Mark Douglas (Matt Boston), está com fortes dores de cabeça e sua avó religiosa Alice (Ann Nelson) está tentando ajudá-lo a descobrir as causas. Depois de consultar um médico, ela é orientada a falar com a psiquiatra Dra. Sills (Rita Crafts), que estuda o caso e descobre uma série de incidentes estranhos com a família do garoto. Uma vez utilizando-se de hipnose descobre detalhes sobre um misterioso acidente com Alice e o avô do jovem doente, Harold (Jerry Jensen), que sofreu um ataque cardíaco depois de serem atacados por uma força sobrenatural enquanto viajavam pelo deserto num motorhome.
A psiquiatra se interessa mais pelo caso e descobre que a mãe do menino, Ruth (Caroline Howe), é uma escritora que estava trabalhando num livro sobre a história de uma antiga tribo indígena de mais de 500 anos. E que depois de resgatar uma misteriosa múmia índia de uma caverna, sofreu um colapso nervoso, intrigando a Dra. Sills e complicando progressivamente a solução da crise do garoto, que está piorando e se comportando estranhamente. 
“Fantasmas Que Ainda Vagam” certamente é um filme obscuro, pouco conhecido e que jamais imaginaríamos que fosse lançado em VHS no Brasil. A história até possui algum interesse, mesmo sendo um clichê já muito explorado, sobre um fantasma atormentado que aterroriza os vivos e está em busca de sua paz espiritual. Porém, a narrativa é bem arrastada na maior parte do tempo, num convite ao sono, apesar de algumas boas sequências de tensão como a cena do motorhome desgovernado em alta velocidade pelo deserto, controlado pelo fantasma. E o incrível ataque das pedras rolantes que se locomovem de forma ameaçadora pelas areias em direção ao motorhome das vítimas, numa longa sequência bem produzida, com efeitos convincentes numa época sem as facilidades da computação gráfica. Vale conhecer apenas pela curiosidade de um filme obscuro.    
(RR – 22/01/17)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* Latidos de Pánico (1983)
 “Latidos de Pánico” (“latidos” em espanhol significa “batimentos cardíacos”) é um filme de horror “exploitation” de 1983, também conhecido pelo título em inglês “Panic Beats”. Foi dirigido e escrito pelo multifuncional Paul Naschy, que é o pseudônimo de Jacinto Molina Álvarez (1934 / 2009). Ele também é o ator principal e é considerado um nome cultuado no mundo do cinema de horror bagaceiro, com grande quantidade de créditos em sua vasta carreira.
Continuação da tranqueira divertida “El Espanto Surge de la Tumba” (1973), o roteiro volta a mencionar o temível Alaric de Marnac (Paul Naschy), um cavaleiro medieval com armadura que matou violentamente sua esposa por infidelidade (vista numa introdução de forte impacto de violência), além de ser conhecido por vários crimes hediondos, prática de bruxaria e por beber sangue humano. Segundo uma lenda, ele voltaria do mundo dos mortos a cada 100 anos para se vingar das mulheres da família Marnac.
Saltando no tempo para os dias atuais (década de 80 do século passado pela produção do filme), num pequeno vilarejo rural francês, próximo de Paris, somos apresentados para Paul Marnac (novamente Paul Naschy), que se muda para o interior justamente para preservar a saúde debilitada da bela e rica esposa Geneviéve (Julia Saly), que tem sérios problemas cardíacos. Ao chegarem à casa de campo do casal, eles são recebidos pela veterana governanta Mabile (Lola Gaos) e sua bela e jovem sobrinha Julie (Pat Ondiviela). Porém, uma sucessão de eventos estranhos e misteriosos, assassinatos violentos e traições constantes movimentam o ambiente instaurando o horror e manchando a casa com o vermelho do sangue.
Assim como os europeus Jesus Franco (1930 / 2013, também espanhol) e o francês Jean Rollin (1938 / 2010), realizadores muito produtivos, entre outros, com uma infinidade de trabalhos de direção, roteiro e atuação, é inegável também registrar a contribuição de Paul Naschy para o cinema fantástico bagaceiro. E em “Latidos de Pánico” não faltam todas aquelas características e clichês divertidos dos filmes de orçamentos reduzidos e história bizarras. Temos belíssimas mulheres nuas (especialmente Silvia Miró, que interpreta Mireille, uma amante de Paul Marnac), um assassino com luvas pretas, o casarão com atmosfera gótica, várias cenas sangrentas com mortes dolorosas em feridas gosmentas e tripas expostas, cadáveres putrefatos, e tudo sem a artificialidade do CGI, apenas com os nostálgicos, trabalhosos e sempre bem vindos efeitos de maquiagem.
É verdade também que o roteiro é extremamente previsível, onde sabemos sem esforço e com antecedência a sucessão dos eventos, porém a mistura de horror sangrento, com família amaldiçoada, fantasma vingativo, ganância do ser humano e conspirações, sempre desperta o interesse e garante a diversão.
Entre os destaques, temos o início ambientado no passado, com o sanguinário cavaleiro perseguindo uma mulher nua pela correndo pela floresta desesperada, as várias mortes sangrentas (principalmente os ataques com a arma medieval mangual, que rasga a carne e dilacera os ossos de suas vítimas), e o desfecho passado no interior de uma igreja, também carregado de muita violência.
(RR – 21/12/16)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* Sol (2017)
O diretor e roteirista Carlos G. Gananian já nos presenteou com excelentes e muito bem produzidos curtas de horror como “Behemoth” (2003, sobre a evocação de uma entidade maligna), “Coagula” (2005, sobre as ações de um psicopata mascarado), e “Akai” (2006, sobre o tormento existencial de um vampiro), todos com produções caprichadas. Também faz parte de sua filmografia o curta de ficção científica “AM / FM” (2014).
Agora é a vez de “Sol” (2017), uma interessante história de possessão numa produção profissional, com grande quantidade de pessoas envolvidas no projeto.
Uma senhora religiosa, Solange (Thaia Perez), está sofrendo muito ao enfrentar uma situação bizarra que está acontecendo com seu marido Aristides (Ivan Giaquinto), encarcerado num quarto, ajoelhado num círculo desenhado no chão, as mãos amarradas, uma máscara cobrindo o rosto, agitado e balbuciando palavras estranhas. Sem se alimentar e com o corpo definhando perigosamente, ele é monitorado por dois padres. Um mais jovem, Dario (Lui Seixas), que está filmando o exorcismo, e outro mais experiente, Lucio (Plínio Soares), que tenta inutilmente expulsar o espírito maligno de sua vítima. Enquanto isso, para piorar ainda mais o cenário depressivo, vozes sinistras atormentam a Sra. Solange.
  Em apenas 14 minutos, Carlos G. Gananian e equipe conseguiram apresentar uma história perturbadora de horror sugerido, com uma atmosfera sombria explorando com maestria o velho clichê de possessão demoníaca. Sem gritarias, sangue em profusão ou violência exagerada, e apenas com eficientes efeitos sonoros e sugestões que evidenciam o poder avassalador do Mal. Altamente recomendável, tanto pela qualidade da produção como pela sutileza do roteiro.
 (RR – 20/01/17)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* O Uivo da Bruxa (1970)
“No ouvido sobressaltado da noite, como eles gritam por seus temores! Aterrorizados demais para falar, a única coisa que podem fazer é choramingar, choramingar, fora do tom...” – Edgar Allan Poe
Baseado numa lenda irlandesa, “banshee” (do título original) é uma criatura sobrenatural invocada do inferno por magia negra, para executar uma vingança. “O Uivo da Bruxa” é um filme de horror gótico inglês da “American International Pictures” similar ao melhor estilo da produtora “Hammer”. Foi dirigido por Gordon Hessler em 1970 e tem na liderança do elenco o ícone eterno Vincent Price. Ele faz o papel do tirano inquisidor Lord Edward Whitman, que governa uma aldeia através da manipulação do medo, combatendo a bruxaria da época com julgamentos severos dos acusados e aplicação de penalidades violentas e dolorosas.
Ele persegue os seguidores de uma seita pagã, que realiza cultos na floresta e é liderada pela veterana Oona (a ucraniana Elizabeth Bergner). Muitos dos membros foram assassinados e em represália a bruxa convoca Satã para enviar um “banshee”, uma criatura sobrenatural que se apossa do corpo de um jovem, Roderick (Patrick Mower). O ser mitológico maligno então se vinga violentamente da família Whitman, formada ainda pela esposa infeliz do inquisidor, Lady Patricia (Essy Persson), e seus filhos Maureen (Hilary Heath), Harry (Carl Higg) e Sean (Stephan Chase).
Os moradores supersticiosos do vilarejo ouvem constantemente o uivo de um cão selvagem que aterroriza a região e mata as ovelhas, e sentem na pele as ações vingativas de um demônio invocado do inferno.
Em “O Uivo da Bruxa” temos uma história gótica com o tema de família amaldiçoada, enfrentando a fúria vingativa de uma criatura inumana. O roteiro de Tim Kelly e Christopher Wicking procura explorar a tensão constante do conturbado período de caça às bruxas na Europa do século XVI. Onde torturas dolorosas eram as punições comuns para obter confissões e delações, como podemos ver nas palavras de um inquisidor para uma mulher seguidora do culto pagão da “antiga religião”: “Podemos matá-la um minuto por dia durante um ano, ou tudo em um único minuto. Poupe-se da dor e diga-nos onde Oona está e prometo-lhe, você morrerá em paz.”
Vincent Price (1911 / 1993), um dos maiores e insuperáveis atores de horror de todos os tempos, repete o papel de um sádico tirano da Inquisição, assim como no filme anterior “O Caçador de Bruxas” (1968), Sua relação com o horror é tão sólida em incontáveis filmes preciosos para a história do gênero, que sua participação é a garantia do entretenimento.
O diretor alemão Gordon Hessler (1925 / 2014) tem no currículo filmes como “Embuste Diabólico” (1965), “O Ataúde do Morto Vivo” (1969) e “Grite, Grite Outra Vez” (1970), sendo os dois últimos também com Price.
Nos ataques do “banshee”, a criatura aparece pouco e seu visual é visto sempre rapidamente, numa aposta maior para a sugestão. Mas, ainda assim percebemos características que nos remetem para similaridades com lobisomens, em efeitos extremamente toscos de uma produção de baixo orçamento, garantindo a diversão dos apreciadores de cinema fantástico bagaceiro.
“Inglaterra no século XVI, uma época sombria e violenta. Bruxaria e os fantasmas da antiga religião ainda mantém o controle nas mentes das pessoas, preocupando tanto a Lei como a Igreja. Então quem pode ter certeza que isto é somente superstição primitiva e medo infantil?”
(RR – 17/12/16)

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------